Nascido no ano de 1921, Belmiro Siqueira, patrono dos profissionais de Administração do Brasil, conhecido por sua personalidade marcante e seu jeito simpático de agir, o Administrador com carreira no Serviço Público, dá nome a uma das premiações mais importantes promovidas pelo Conselho Federal de Administração, o Prêmio Belmiro Siqueira de Administração, que está com inscrições abertas. Mas, você sabe quem foi ele?
 
Siqueira, durante toda a sua trajetória profissional lecionou em, pelo menos, 25 faculdades diferentes, escrevendo também diversos trabalhos dedicados a ciência administrativa e também sendo colunista em alguns jornais. O mineiro, nascido e criado na cidade de Ubá, foi fundamental para a regulamentação da profissão de Administrador, por meio da Lei de Nº 4.769 de 1965. Funcionário de carreira federal, Belmiro atuou como assessor e consultor de governos, sendo também, em 1966, diretor da Escola de Serviço Público do então Estado da Guanabara, que hoje faz parte do Município do Rio de Janeiro. 
 
No Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP), ocupou vários cargos – dentre eles, o de diretor geral nos anos de 1967 e 1968. Em 1977, foi eleito conselheiro no CFA e, assim que assumiu, foi elevado ao cargo de vice presidente. Belmiro veio a falecer no ano de 1986, atuando como Presidente do Conselho.