Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Canela foram as cidades serranas que receberam palestras do XVI Ciclo de Debates de Administração do RS (CIDEAD 2018) na última semana. Com a temática central “Administração no Ecossistema de Inovação”, o evento lotou auditórios na região serrana do Estado, levando conhecimento aos estudantes, profissionais e comunidade como um todo. 

Noite de resgate do passado e debates sobre o futuro da Administração resumiu a edição  de Caxias do Sul, realizada nesta quarta-feira (26/09), no Teatro da UCS – Universidade de Caxias do Sul. O encontro evento reuniu mais de 400 participantes, que, além dos conhecimentos sobre ambientes de inovação, tiveram a oportunidade de prestigiar as homenagens aos 50 anos do curso de Administração da UCS.
 
A Adm. Claudia Abreu, presidente do CRA-RS, destacou a importância da conscientização dos profissionais para o registro profissional. “O CRA-RS tem papel de fiscalização, regulamentação e ética profissional. Com o registro do CRA-RS, o bacharel passa a ter uma profissão regulamentada com código de ética”, disse ela, ao parabenizar a UCS pelos 50 anos do curso. “A UCS é a universidade que mais registra alunos no CRA-RS”, enalteceu. O reitor da Universidade, Evaldo Antonio Kuiava, falou sobre a contribuição do curso para a comunidade da região e importância da atuação da instituição dentro dos ambientes de inovação. “O momento é de recordar o que somos e cultivar e semear com inovação em direção ao futuro”, disse ele. O coordenador do curso de Administração da UCS, Adm. Marco Aurélio Bertolazzi resgatou a trajetória da instituição no campo das Ciências da Administração, cuja primeira turma colou grau em dezembro de 1971. “É um curso feito de histórias e da relação entre todos os seus públicos”, ressaltou.
 
O presidente do Sindaergs, Adm.  João Alberto Araújo Fernandes falou em gratidão e união ao homenagear a UCS. “Sem união das entidades e de todos os profissionais das áreas da Administração não chegamos a lugar nenhum”, disse. Para o presidente da AANERGS, Adm. Enir José Alves da Silva, um curso se faz forte, há 50 anos, com a parceria de todos. As entidades homenagearam a universidade com placas. Também recebeu uma placa o primeiro acadêmico a se matricular na primeira turma de Administração da UCS, João Alberto de Conto.
 
Em Bento Gonçalves não foi diferente. Na noite desta quinta-feira (27/09), mais uma palestra do XVI CIDEAD lotou o auditório da FTEC Bento Gonçalves para discutir o tema. O vice-presidente de Fiscalização e Registro do CRA-RS, Adm. Bruno José Ely que, na oportunidade, esteve representando a presidente do Conselho, Adm. Claudia, destacou a importância da formação profissional de qualidade. "E é isso que as instituições estão fazendo trazendo o XVI CIDEAD para vocês. Precisamos, juntos, formar profissionais com competência, qualidade e ética", ressaltou ele, acrescentando que é fundamental sair do discurso e colocar ideias inovadoras em prática. A partir disso, o Adm. Mauro André Dal Pizzol, da FTEC, enalteceu o Ciclo de Debates e lembrou da extrema importância do registro acadêmico, seja como estudante, seja como bacharel. "Isso nos fortalece como acadêmicos e nos faz profissionais", atentou ele.  
 
Canela foi cenário de mais um debate na última sexta-feira (28/09) e o tema encheu os participantes de motivação para saírem do linear e partirem para o pensamento exponencial. Na oportunidade, o vice-presidente Administrativo do CRA-RS, Adm. Sérgio José Rauber, destacou a importância do Ciclo no Estado. "É preciso sair do discurso do empreendedorismo e compreender como podemos colocar em prática ideias inovadoras, refletindo também no desenvolvimento da região", destacou.
 
 
ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO: "Se a gente perder nossa capacidade de se reinventar, vamos sim ser substituídos por um robô" 

o Adm. Jefferson Marlon Monticelli, doutor em Administração na área de competitividade e relações interorganizacionais, ministrou a palestra sobre ecossistemas de inovação e o papel fundamental do Administrador nesse contexto. Ele falou em pessoas, tecnologias e cultura ao definir ecossistemas de inovação, ressaltando a chamada hélice tripla: governos, universidades e empresas. “Quando se trabalha juntos, é possível se aproximar da inovação”, enfatizou, listando propostas para os ambientes de inovação brasileiros: sonhar grande, ter, crescimento, comprometimento e reinvestimento. "Precisamos entender que o mundo e nós estamos mudando e, diante disso, é fundamental sair de uma linha linear e partir para o crescimento exponencial, sair do reprodutivo para o produtivo. Os modelos mentais devem ser revistos", exaltou. 
 
O XVI CIDEAD na Serra Gaúcha segue nesta sexta-feira (28/09), em Canela, também com palestras do Adm. Monticelli. A entrada é gratuita e aberta à comunidade. As inscrições podem ser feitas pelo site www.crars.org.br/eventos.