A cerimônia de entrega do Prêmio Astor Roca de Barcellos, promovido pelo Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS), foi realizada virtualmente nesta segunda-feira, 7. A 9ª edição do evento, que reconhece artigos acadêmicos de alunos concluintes dos cursos de Bacharelado em Administração e Tecnólogos na área de Administração, foi mediada pela presidente da autarquia, Adm. Claudia Abreu. Clique aqui para assistir a transmissão. 
 
Ao parabenizar as agraciadas, que receberam uma premiação em dinheiro e um certificado, Claudia relembrou a importância do concurso: “Estamos muito felizes em ter aqui três mulheres, futuras administradoras, como destaques desse prêmio que tem por finalidade a valorização e divulgação de estudos que contribuam para o desenvolvimento da profissão.” A presidente também agradeceu a comissão avaliadora que analisou os materiais e as Instituições de Ensino Superior (IES), responsáveis pela formação dos futuros Administradores. 
 
Em terceiro lugar, o artigo selecionado foi “Entre on-line e off-line: influência das redes sociais na percepção da autoimagem e o estilo de vida”, oriundo do trabalho de conclusão de curso da Soraya de Souza Soares, estudante da Universidade Franciscana (UFN). “Me sinto honrada de estar aqui porque meu objetivo era construir um estudo que contribuísse para a sociedade. E essa abordagem tornou-se ainda mais relevante no contexto atual, já que estamos cada vez mais estimulados pelas redes sociais”, contou, agradecendo a todos que a ajudaram no processo.
 
Com o tema “Práticas de sustentabilidade socioambiental de uma prestadora de serviços em planos de saúde”, a aluna Jennifer Fraga Ribeiro, do Centro Universitário Metodista - IPA, conquistou o segundo lugar. “Esse prêmio é muito importante não só para os estudantes, mas para a Ciência da Administração e, consequentemente, para a sociedade. A pesquisa científica contribui para o desenvolvimento e a preparação dos alunos para um mercado de trabalho muito mutável e competitivo”, destacou. 
 
A aluna Júlia Aita dos Santos, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), foi a escolhida para o primeiro lugar. Inspirado em seu pai, o estudo “A capacidade absortiva, capital social, aversão ao risco e performance financeira dos fazendeiros do Sul do Brasil” pautou a Administração voltada ao setor do agronegócio. “O processo foi árduo, mas reforço a honra que é receber esse prêmio, pois são incentivos como esse que motivam os jovens a continuar sua trajetória acadêmica”, afirmou, também ressaltando o papel dos seus professores nesta conquista.