Inovação, empreendedorismo, tecnologia e cooperação. É o que promove o Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc) por meio de pesquisa e uma ação simultânea entre academia, instituições privadas e governo. Na última quarta-feira (30/05), a Câmara Especial de Inovação (CETInova) do CRA-RS realizou a VISITEC, uma visita técnica ao parque para apresentar os agentes de inovação da unidade, empresas e startups que estão lá instaladas. Atualmente, o Tecnopuc abriga mais de 130 organizações, somando mais de 6,5 mil postos de trabalho. 
 
Os participantes puderam conhecer o laboratório de prototipação de ideias e conceitos Free Zone que, inclusive, é aberto à toda sociedade. O local foi criado pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (Ideia) em parceria com a área de Desenvolvmento de Startups da PUCRS e oferece equipamentos variados de diferentes portes e nas áreas de mecânica, eletrônica e maqueteria, contando com impressoras 3D, corte a laser, serras, softwares para modelagem tridimensional de projetos e design, ferramentas e softwares para testes. Estudantes, professores, pesquisadores da PUCRS, empresas parceiras da universidade e do Tecnopuc podem utilizar o local que fica prédio 94 do Tecnopuc. Para usufruir do ambiente, é necessário reservar um dia e horário no site www.pucrs.br/ideia. O espaço funciona das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h30min. 
 
Durante a visita, o Administrador do Tecnopuc e também participante da CETInova, Adm. Rui Jung, explicou que o principal objetivo é inserir a PUCRS diretamente no processo de desenvolvimento tecno-econômico-social da região e do País. Outros locais como o CriaLab - laboratório de experiências em processo criativo - e o coworking do parque também foram visitados. Além disso, os empresários Leandro Siminovich, gerente de inovação da GetNet e Eduardo Meira Peres, diretor da DBServer, conversaram com os profissionais e estudantes sobre a importância de estar dentro do parque.
 
"Enxergamos a necessidade de trabalhar por um objetivo aliado a um propósito de vida. Para mudar o mindset é preciso mudar cultura organizacional e não dá para mudar cultura num local onde ela já está consolidada. O Tecnopuc é um espaço diferenciado pra montar cultura, construir ecossistema e trabalhar inovação", destacou Siminovich. Já Peres ressaltou a importância dos relacionamentos construídos no ecossistema do parque. "Temos aqui uma quantidade enorme de empresas e startups, podemos nos conectar mais e realizar essas trocas como estamos fazendo hoje. Isso só gera mais conhecimento e desenvolvimento", disse. 
 
O conselheiro da autarquia, Adm. Fernando Fagundes Milagre e o coordenador da CETInova, Adm. Jayme Svirski destacaram a singularidade do espaço para o desenvolvimento do empreendedorismo e inovação, além da importância das Câmaras Especiais do CRA-RS que realizam atividades de importância para o profissional da Administração mensalmente. Confira o vídeo no Facebook