Em tempos de pandemia, em que os profissionais da área da saúde somam suas forças para combater um inimigo invisível e veloz, os esforços das equipes que gerenciam e administram hospitais tornam-se evidentes para a sociedade. Por trás dessas instituições existe todo um ecossistema que dá suporte ao serviço de saúde, por isso é necessário reforçar o quanto de conhecimento é necessário para administrar uma organização complexa como um hospital, principalmente em tempos de crise.
 
Gestores estão na retaguarda, contribuindo para minimizar os riscos e maximizar o potencial de atendimento diante de um cenário desconhecido. Além disso, têm que garantir a segurança dos profissionais que estão doando suas competências, sem esquecer que por trás ainda têm suas famílias e o aspecto psicológico. Para que exista segurança nessas ações e não faltem equipamentos de proteção individual (EPIs), medicamentos e equipamentos médicos, a gestão precisa resolver equações complexas para arcar com esse custo.
 
Ainda nesse contexto desafiador e um tanto desconhecido para todos, os profissionais de Administração precisam conhecer e mapear os cenários epidemiológicos e a linguagem clínica para, então, transformar esse conhecimento em serviços. Da mesma forma, mapeiam processos e controlam custos para garantir eficiência e eficácia nessa área que salva vidas. Sabemos o quanto os recursos são limitados, enquanto as necessidades são ilimitadas. O que o Brasil e o mundo estão vendo com a pandemia são os desafios que a área da gestão da saúde enfrenta todos os dias nessas organizações, agora em proporções muito maiores.
 
O Sistema Único de Saúde (SUS) é excelente, mas temos a questão da capacidade instalada, o que nos traz uma dificuldade na acessibilidade. Mais do que nunca, é importante que todos saibam que nossos hospitais sempre precisam ter condições financeiras para adquirir novos equipamentos e tenham fluxo de caixa para suprir essas necessidades e tranquilizar as equipes, dando mais segurança no atendimento.
 
O momento é de trabalhar para viabilizar o acesso à saúde, de acordo com as previsões que temos para os próximos dias. Deus nos abençoe nas tomadas de decisões!
 
Claudia de S. P. Abreu
 
Presidente do Conselho Regional de Administração