Na última terça-feira (03), o Salão de Atos da Unijuí, em Ijuí, recebeu o coordenador do curso de Administração da Unisinos, Adm. Alexandre Pereira, que abordou a sustentabilidade corporativa, destacando que o mecanismo que gera sustentabilidade é a capacidade de inovação. Pereira abordou também a reinvenção dos modelos de negócios e a gestão sustentável para inovar, ressaltando a gestão corporativa ambiental; a responsabilidade social corporativa; a criação de valor e a entrega de experiência.

Para ele, os fatores relevantes para o desenvolvimento sustentável são a elasticidade organizacional; a experiência internacional e a capacidade de gestão de capital. Já os fatores que potencializam este desenvolvimento são o tamanho da empresa e o desempenho financeiro. ?O agente da inovação é o Administrador, o empreendedor, o gestor. Ele precisa estar ciente do seu papel?, explicou o palestrante.

O coordenador destacou que é preciso que o gestor desequilibre o mercado, para buscar um novo reposicionamento; além disso, ressaltou que saímos da lógica industrial para a lógica social tecnológica, e que a inovação é um processo social. ?Quem mais influencia essa nova mentalidade e a postura sustentável das empresas são os consumidores?, concluiu Pereira.

Participaram do CIDEAD o delegado da Seccional do CRA-RS em Ijuí, Adm. Benísio Rodrigues; a coordenadora do curso de Administração da Unijuí, Adm. Lucinéia Woitchunas; a presidente da Associação dos Bacharéis em Administração de Ijuí (ABAI), Mariane Camargo; o presidente da DEULA-BRasil, Adm. Erlo Adolfo Endruweit; Administradores, acadêmicos e empresários.