Na última quarta-feira (26), a presidente do CRA-RS, Adm. Claudia Abreu participou de um café da manhã na Câmara dos Deputados em Brasília juntamente com o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Wagner Siqueira, conselheiros federais do CFA e demais presidentes de Conselhos Regionais de Administração. Na oportunidade, os profissionais se reuniram com parlamentares que compõem a Frente Parlamentar pela Administração. 
 
De acordo com o Adm. Wagner Siqueira, a Frente Parlamentar pela Administração tem como principal propósito defender iniciativas que visem a adequada compreensão dos problemas de gestão que atingem tanto a esfera pública, quanto às empresas do país. Para ele, o conjunto de ideias que sustentam essa ação se baseia em que contribuição a Administração pode dar para ser um braço operacional nas organizações. “O nosso locus de trabalho tanto no serviço público, quanto na Administração pública está em transformar as leis tão bem votadas neste parlamento que representam o máximo consenso que a sociedade brasileira consegue atingir, mas que em verdade na realidade não se realiza”, pontuou, destacando a importância dos deputados assinarem o apoio à Frente Parlamentar pela Administração. 
 
Lançada em 2015 e presidida pelo Deputado de Tocantins, Adm. Carlos Henrique Amorim, conhecido como Gaguim, a Frente defende a qualificação profissional, moderna e científica do Administrador, tanto na Administração Pública como na iniciativa privada, deixando de lado as improvisações e o emprego de profissionais não habilitados. Para ele, o país funciona por meio da Administração e uma boa gestão é fundamental. “A Frente vai fazer com que todos os Estados possam apresentar projetos ligados à Administração. Essa Frente já nasceu forte”, destacou Gaguim citando, entre os inúmeros projetos que a Frente tem em pauta, o que coloca o administrador na carreira típica de Estado – o Projeto de Lei nº 4.403, de 2016, de sua própria autoria.
 
Em relação ao assunto, a presidente do CRA-RS, Adm. Claudia Abreu exaltou que a ciência da Administração é a agente transformadora da sociedade brasileira. “É preciso entender o comprometimento que a Administração representa na gestão pública, dentro das prefeituras e demais esferas. É perceptível a falta de gestão no setor público quando analisamos os resultados. Isso não só precisa, como deve mudar e a Frente Parlamentar é fundamental neste sentido”, afirmou, destacando ainda que é necessário debater os novos desafios da Administração como será feito na realização do XV Fórum Internacional de Administração (FIA) em outubro, onde o tema central aborda este novo cenário e discute a retomada do desenvolvimento. 
 
O Adm. Gaguim explicou ainda que existem 73 projetos tramitando no Congresso, além de inúmeras outras matérias relacionadas à administração pública e privada que requerem a o acompanhamento da Frente Parlamentar pela Administração.
No encontro alguns números foram destacados: o Conselho Federal e os Conselhos Regionais contam com 363.880 Administradores pessoas físicas e 36.688 pessoas jurídicas. A formação profissional em Administração ocorre em 2.200 Escolas Superiores de Administração e 4.300 Escolas Superiores de Tecnologia na Área de Administração.
 
Mais informações podem ser encontradas na matéria de cobertura do CFA
 
Não esqueça, vote SIM no Projeto de Lei 439/2015, que estabelece que cargos e funções com atribuições voltadas para os campos da Administração, em organizações privadas, não governamentais e públicas, somente poderão ser providos por Tecnólogos e Administradores profissionais regulares na forma da lei, que ficam obrigados a comprovar, anualmente, perante organização empregadora, a regularidade com o Conselho Regional de Administração – CRA. CLIQUE AQUI PARA VOTAR!