Representantes do CRA-RS encaminharam a postulação de centenas de Administradores do Poder Executivo Federal que pretendem ver corrigida distorção flagrante do Projeto de Lei (PL) nº 2.203/2011, que trata de nova "Estrutura Remuneratória Especial" para determinadas categorias de nível superior, integrantes de diversos Planos de Carreiras do Governo Federal. Para corrigir o equívoco, o Deputado Federal Mauro Nazif apresentou Emenda ao Projeto de Lei, incluindo o cargo de Administrador. Essa Emenda deve ser apreciada pelo Relator da matéria, Deputado Ronaldo Nogueira, que recebeu os Conselheiros Adm. Valter Luiz de Lemos (Federal) e Adm. Volnei Alves Corrêa (Regional), a Coordenadora de Fiscalização do CRA-RS, Adm. Dione Borges Carvalho, além do Deputado Estadual, Jurandir Maciel, e o assessor do Deputado Ronaldo Nogueira, Sebastião Rodrigues. O encontro aconteceu na Assembléia Legislativa, na segunda-feira, 7 de novembro.

O Poder Executivo ao optar pela instituição de nova matriz remuneratória, composta de uma parte básica (vencimento) e mais gratificação de desempenho, para diversos cargos de nível superior, pretendeu alcançar com seus efeitos os integrantes de diversos Quadros de Pessoal (Previdência, Cultura, Fazenda, Embratur, Suframa, Polícia Federal e outros) pertencentes à Administração Pública Federal direta, às Autarquias e às Fundações, porém deixou fora o cargo de Administrador.

Após um breve diálogo sobre a falta de eficiência da Administração Pública, decorrente do pequeno número de Administradores Públicos Profissionais e, também, por falta de melhor aproveitamento dos profissionais disponibilizados pelas inúmeras universidades brasileiras, foram apresentadas as premissas e justificativas referentes a necessidade da inclusão do Administrador no PL n° 2.203/2011. O Deputado Ronaldo Nogueira afirmou que "a Emenda será acatada pelo Relator e, além disso, vai trabalhar pela melhor eficiência da administração pública e pelo fortalecimento da Ciência da Administração".