Na sexta-feira, 23 de setembro, os dirigentes dos hospitais filantrópicos do RS, juntamente com membros da Câmara para Assuntos de Administração da Saúde do CRA-RS, decidiram aceitar a proposta feita pelo Governo do Estado para viabilizar a continuidade de atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). A paralisação estava prevista para o dia 27 deste mês.
Até fevereiro de 2012, cerca de R$ 150 milhões deverão ser repassados para os hospitais, além da liberação imediata de R$ 70 milhões através do Fundo de Apoio e Recuperação dos Hospitais do Estado do RS (Funafir). O pedido inicial era de que R$ 100 milhões fossem repassados imediatamente.

Mesmo aceitando a proposta, os representantes dos hospitais pedem ao governo que o repasse de R$ 50 milhões, previsto para o início do ano de 2012, seja antecipado para dezembro deste ano. No mês de setembro, deverão ser liberados cerca de R$ 38 milhões.
A Adm. Margô Cristina Rubini Gottardo, vice-presidente da Câmara para Assuntos de Administração da Saúde do CRA-RS, participou do encontro. Segundo ela, o Presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos, Oswaldo Balparda, agradeceu o apoio e empenho do CRA-RS, destacando que foi com a união de todos que conseguiram está primeira vitória.