Baratz integrou o grupo que debateu “Ferramentas de gestão do setor privado: até onde pode avançar sua aplicabilidade no setor público?” ao lado de Fernando Schüler; secretário da Justiça e do Desenvolvimento Social do RS, Clênia Maranhão; secretária municipal de Coordenação Política e Governança Local de Porto Alegre, entre outros. Para o presidente do CRA/RS, é necessário despolitizar a administração pública, estabelecendo um modelo técnico de atuação comprometido em manter o equilíbrio entre equidade e eficiência que compõem o binômio do Estado.
As considerações de todos os convidados sobre os temas discutidos serão apresentadas em um encarte especial na revista AMANHÃ.