A presidente do CRA-RS, Adm. Claudia Abreu e a vice-presidente de Relações Externas da autarquia, Adm. Helenice Reis, estiveram em Mato Grosso para a inauguração da usina de energia solar do CRA-MT, que com dois meses de funcionamento, já reduziu a conta de energia em 71%. Além disso, o Conselho de Mato Grosso lançou seu Sistema Integrado de Fiscalização e Autoatendimento (SIFA), utilizando o Big Data.
 
   O presidente do CRA-MT, Adm. Hélio Tito, vem há três anos buscando meios e recursos para execução de um projeto de geração de energia sustentável. Hoje é o primeiro Conselho Profissional do Brasil (considerando os Conselhos de todas as profissões), a produzir sua própria energia. “Foi um desafio grande pelos processos a serem seguidos, mas agora podemos comemorar mais que uma geração de energia, uma sustentabilidade e inovação que pode se tornar referência em todo Brasil”, diz Tito.
 
   A instalação de painéis para captação de energia solar é uma opção de investimento para pessoas físicas e jurídicas que permite uma economia considerável na tarifa elétrica, pois pode substituir o consumo da eletricidade convencional. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a estimativa é de que até 2024 cerca de 700 mil imóveis estejam produzindo sua própria energia. Um investimento que tem o retorno previsto de 04 a 07 anos.