"Será que a globalização continuará? Quais cenários que temos para planejar nossa empresa, nossos negócios? De que forma vamos fazer isso?". A declaração é do presidente do CRA-RS, Adm. Valter Luiz de Lemos durante a solenidade de abertura e boas vindas aos participantes do XII Congresso Mundial de Administração, que ocorreu na noite desta quarta-feira (16/11) na Universidad Tecnlógica de Bolívar, em Cartagena de Índias, na Colômbia. 
 
Em um momento de constantes transformações, o Congresso vem para debater as "Práticas de Gestão para Empresas do Século XXI: A organização do futuro", tema que abrange palestras, conferências e troca de ideias. Em vista disso, o presidente destacou as transformações do mundo atual, como o acordo de paz assinado entre o país colombiano e as Forças Armadas da Colômbia (FARC), a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos e ainda a elevação da temperatura da atmosfera. "Um ano antes, sem saber o que iria acontecer, nós elaboramos a programação deste evento. Precisamos agora responder três respostas: econômica, ou seja, como ficará as finanças da latina america; o meio ambiente; e como fazer em termos de empreendorismo, inovação e eficiência das organizações", exaltou, acrescentando que os últimos fatos que ocorreram levam o Congresso a discutir questões fundamentais e fazem com que o Administrador esteja à frente disto. "Estamos mais atuais que qualquer outra profissão, não só pelo conteúdo do evento, mas também por estar realizando um momento como este em parcerias entre universidades públicas e privadas e conselhos profissionais". Adm. Lemos aconselha que os jovens, os Administradores do futuro, repensem o momento que estamos vivendo. 
 
A diretora do programa de Administração da Universidade Tecnológica de Bolívar, Profª. Netty Consuelo Huertas, destaca que hoje a Colômbia tem 967 programas de Administração e que é uma honra receber a abertura de um evento deste porte na Universidad de Bolívar. Já a vice-reitora de Políticas Internas da Universidad de Cartagena, Dra. Josefina Quintero Lions, exaltou que a Universidad de Cartagena, uma das mais antigas da Colômbia que está comemorando seus 40 anos, estará sediando um evento com pensamento atual na aréa econômica, política e filosófica. "São as parcerias que tornam isso possível. Uma universidade privada, outra pública, conselhos internacionais e nacionais envolvidos. Esse é o diferencial", destacou. 
 
A diretora executiva do Consejo Profesional de Administración de Empresas – CPAE – Colômbia, Olga Parra Villamil, ?exaltou a importância de realizar alianças. "Resultados positivos como estamos tendo aqui só são possíveis com essas parcerias. Obrigada aos brasileiros que vieram acompanhar", disse. 
 
Compuseram a mesa de abertura o diretor do programa de Administração de Empresas da Universidade de Cartagena de Índias, David Patiño, a diretora executiva do Consejo Profesional de Administración de Empresas – CPAE – Colômbia, Olga Parra Villamil, a diretora do programa de Administração da Universidade Tecnológica de Bolívar, Profª. Netty Consuelo Huertas, a vice-reitora de Políticas Internas da Universidade de Cartagena, Josefina Quintero LionsJosefina Quintero Lions.
 
O XII Congresso Mundial de Administração inicia amanhã, às 9h, no auditório da Universidad de Cartagena com a palestra magistral A Empresa do Século XXI.