Na noite desta terça-feira, 18, o Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS) promoveu, através da sua Câmara Especial de Saúde, o evento virtual CRA-RS Recebe. A edição reuniu estudantes e profissionais da Administração para debater as perspectivas de ampliação e melhorias da rede de assistência hospitalar em meio à pandemia.

A Administradora Hospitalar convidada, Adm. Ane Beatriz Nantal, falou sobre a importância da gestão na área da saúde, principalmente no cenário atual. Segundo ela, o momento é cheio de desafios, como a falta de medicamentos, de pessoal e de equipamentos de proteção individual (EPIs), mas também muito gratificante.

A palestrante, que é pós-graduada em Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e membro efetivo da Câmara de Assuntos da Saúde do CRA-RS, trabalha como coordenadora da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul. Ane explicou que há uma força-tarefa do governo em parceria com os hospitais para o levantamento de dados e demandas, e que toda a rede hospitalar está operando de forma solidária, trocando materiais e remédios que estão em falta.

“É importante entender que não estamos lidando só com a Covid-19, tudo segue em paralelo, inclusive outras doenças, como a dengue”, ressalta. Apesar disso, Ane comenta que houve uma diminuição em outros casos, como os pediátricos, e até no número de acidentes, em virtude do isolamento social.

Por fim, respondendo às dúvidas dos participantes, falou sobre o projeto Testar RS, que visa a testagem em massa da população em todos os municípios gaúchos. A estratégia já está na sua segunda etapa, expandindo as cidades e os grupos que serão testados. “O pico da pandemia está sendo esperado para o final de agosto, mas com a flexibilização das medidas que temos visto, é provável que tenhamos um número ainda maior de casos”, alertou, salientando a necessidade de manutenção do distanciamento e das outras formas de prevenção contra o novo coronavírus.