Ambos firmaram um convênio de cooperação técnica para dar foco e celeridade ao trabalho de difusão dos MESCs, disseminando as vantagens da utilização dos institutos através de palestras e seminários. “Iremos focar na Mediação e Arbitragem empresarial para dar especial atenção e incentivo aos pequenos e micro empresários”, informou o presidente da Câmara. Adm. Adão Flávio da Rosa. De acordo com ele, o uso dos MESCs na resolução de conflitos é uma opção que traz benefícios consideráveis para negócios de pequeno porte, como agilidade na resolução de procedimentos e custo mais acessível do procedimento. “É importante para as empresas trabalharem com os MESCs para preservar a perenidade”, afirma Adão.