“Quanto vocês mais investirem em vocês, mais vocês terão retorno. Não, necessariamente financeiro, mas retorno em todos os sentidos. Se qualificar é a melhor maneira para enfrentar os desafios do mercado”. A declaração é do Adm. Jonas Venturini, palestrante das edições do XV Ciclo de Debates de Administração (CIDEAD), evento promovido pelo Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul, em Bagé e Santana do Livramento, que ocorreram nos dias 23 e 24 de agosto, respectivamente. Em Bagé, nas Faculdades IDEAU, o vice-presidente de Relações Institucionais do CRA-RS, Adm. João Alberto Gonçalves Junior, representando a presidente do Conselho, Adm. Claudia Abreu, exaltou que a cidade é a décima a receber o Ciclo, que ao todo acontecerá em 17 municípios até o fim deste ano. “Esse é um número recorde e que mostra a preocupação da nossa diretoria em estar no interior do Estado e se aproximar das instituições de ensino e dos acadêmicos de Administração. Queremos mostrar a importância do Conselho e mostrar que nós somos os profissionais capazes de mudar o mundo”, ressaltou. A delegada da autarquia na cidade de Bagé e professora da Faculdade IDEAU, Adm. Luciane da Silva Gomes, destacou a importância de realizar eventos como o CIDEAD principalmente por levar um tema relevante e atual para discussão entre os acadêmicos. 

Já em Santana do Livramento, quem esteve representando a presidente Adm. Claudia, foi a vice-presidente Financeira, Adm. Izabel Cristine Lopes. Ela exaltou a importância do Conselho estar próximo da sociedade, dos Administradores e, principalmente, dos alunos. “Vocês são o futuro da nossa profissão. Nossa casa está aberta para atender as demandas, necessidades e questionamentos de cada estudante”, disse. Também estiveram presentes na palestra o delegado da autarquia no município, Adm. Ney Edilson Nogueira Fernandes e a conselheira Adm. Otília da Costa e Silva Gomes.

Sob a ótica empreendedora, o palestrante trouxe ao público de que forma as gerações, os comportamentos e os negócios mudaram, levantando a questão da importância do empreendedorismo no mundo atual com a palestra “O cenário dos negócios no século XXI: Compreendendo a Dinâmica Empreendedora no Universo das Startups e Spin Offs”. Ele explicou que o empreendedor hoje nasce ou da necessidade ou da oportunidade. “No Vale do Silício, por exemplo, eles analisam o mercado, para quem vão vender, o que vão vender e isso é empreender por oportunidade. Não adianta ter ideia sem entender daquele cenário que você quer entrar”, destacou. Ele explicou os conceitos de “startup” e “spinf-offs”. “Startups é uma empresa em seu período inicial que trabalha em condições de incerteza, já spin-offs é um braço inovador de uma startup, como por exemplo o Google Street View”, disse.

Neste sentido, o Adm. Venturini apresentou cases de sucesso marcas como o Netflix, Uber, Amazon, AIRBNB entre outros. Em relação ao ambiente para se investir, ele esclareceu que o Brasil precisa promover grandes reformas trabalhistas, políticas, educacionais, de ensino, entre outras. “Nosso país é muito paternalista, não fomos educados para ser empreendedores. Mas precisamos ter foco, é só reinventarmos a roda, pois tem muitos negócios que precisam ser renovados, atualizados”, disse. Ele falou ainda sobre as cinco empresas mais valiosas do mundo. São elas: Google (1º lugar); Apple (2º lugar); Microsoft (3º lugar); Coca-Cola (4º lugar) e Facebook (5º lugar). Ele complementou que o grande desafio é inovar em tudo e destacou: “A chave do sucesso é uma só: a persistência. Todos esses cases que apresentei foram perseverantes, teimosos e focados em sua ideia”, disse, acrescentando que o empreendedorismo vai salvar o Brasil.

Colagem sem título-santana