Confira abaixo os depoimentos dos participantes da Missão contando sob diferentes perspectivas a experiência vivida no país europeu:
 
“Uma Missão de aprofundamento dos conhecimentos, busca de bons exemplos e experiências que agregaram ao grupo muito aprendizado. Assim eu resumo a Missão Técnica à Alemanha. Vimos de perto o que há de mais novo quando falamos de tecnologia e robótica na CeBIT 2017. Aprendemos sobre logística com a gigante AIRBUS, que produz suas peças em diferentes locais e são transportadas de um país para outro. A automatização da produção da Volkswagen também chamou atenção, com mais de 3 mil robôs trabalhando na maior fábrica da empresa, em Wolfsburg. Ainda destaco o conhecimento à EEW Energy, usina de incineração de lixo, em Hanover, que transforma os resíduos em energia, mostrando a preocupação do país alemão com a sustentabilidade. Não menos importante, também realizamos o 1º Seminário Internacional de Gestão Pública, onde foi abordado temas como transparência na gestão pública, ensino, gestão do meio ambiente e orçamento público. Foram dois dias de seminário que mostraram a excelência em gestão, oportunizando trazer esses bons exemplos para o Brasil. Acrescento também a visita guiada à Escola da DEULA, evidenciando a importância da qualificação profissional. Agradeço a todos os participantes, à DEULA-Nienburg e à DEULA-Brasil por esses dias vivenciados que uniram a teoria à prática, possibilitando a aplicação deste aprendizado na ciência da Administração e tornando o CRA-RS pioneiro em eventos deste porte. Que possamos, cada vez mais, oferecer conhecimento a todos os Administradores.”
Presidente do CRA-RS, Adm. Claudia de Souza Abreu
 
"Quanto a Missão Técnica da Alemanha, como um todo creio que foi exitosa de forma geral, pois propiciou um aprendizado no qual se verifica que o sucesso daquele está muito relacionado à cultura germânica, que leva a sério as normas e procedimentos legais, em especial as normas de segurança do trabalhador e de tratados internacionais (como por exemplo, de combate a corrupção e de responsabilidade ambiental) cumprindo as mesmas de forma rigorosa. Logo atinge as metas ora planejadas e atinge seus objetivos, pois agrega o componente: seriedade no que faz, de forma ética e responsável (aplica o Accountability). Pretendo multiplicar este aprendizado com meus colegas Administradores, bem como estudar forma de aplicabilidade no setor público. Grande aprendizado e oportunidade ímpar esta Missão."
Funcionária Pública da Prefeitura Municipal de Porto Alegre e membro da Câmara de Gestão Pública do CRA-RS, Adm. Rita de Cássia Reda Eloy 
 
“De todo o período que passamos na Alemanha, talvez o mais importante que eu posso relatar foi o Seminário de Gestão Pública. O importante é perceber que atitudes diferentes e procedimentos diferentes decorrem não só da legislação que rege a Gestão Pública, mas também de cultura. A obediência e o cumprimento estrito a regras, ele existe em qualquer país do mundo, mas a consciência de que o descumprimento de uma regra pode trazer prejuízo para alguém, isso a gente não vê com muita frequência no Brasil e na Alemanha isso é levado a risca. Ou seja, as pessoas seguem as regras sem uma necessidade de fiscalização, porque elas sabem que isso é importante para a coletividade e para o bem público.”
Auditor Fiscal da Receita Municipal de Porto Alegre, Adm. Flávio Cardoso de Abreu  
 
“Foi muito importante ter vivenciado as visitas técnicas junto à Usina de Lixo, AIRBUS, Volkswagen.  Podemos verificar todo o envolvimento conjunto, tanto da área pública, como da privada. Uma situação bem interessante foi com relação à fábrica da AIRBUS, que fica numa península de Hamburgo que pode aprofundar o canal e construir seu próprio Porto, possibilitando o escoamento de equipamentos e peças de avião para outros países. A questão do aproveitamento dos resíduos produzidos, com total comprometimento da população na separação de lixo em sua origem, e sua produção final ser tão bem aproveitada é outro destaque. Em relação à Feira, foi um sinal de alerta para as Instituições de Ensino e Governo Brasileiro. Será que nossos alunos estão sendo preparados para atuar junto a essas mudanças tão rápidas de tecnologia? Vimos a automação e robótica muito presentes. E por fim, ressalto a importância do Seminário de Gestão Pública. Podemos verificar que existe, de certa forma, uma semelhança de governança entre os países, como a hierarquização do poder das competências. Mas com certeza, na Alemanha isso é visto de uma maneira mais ágil, com resultado para a população, com transparência, com auditoria, tendo a preocupação de trazer resultado para quem paga seu imposto. Em relação à DEULA, destaco o planejamento para atender as necessidades de quem a procura, como empresas e sociedade que desejam se capacitar. Foi excelente, gratificante e muito recomendado fazer essa visita a um país tão desenvolvido quanto à Alemanha.”
Conselheira do CRA-RS, Adm. Marcia Valéria Borba Brasil  
 
“A Missão teve como plano de fundo a CeBIT que vem trabalhando com as questões mais modernas deste momento de transformação profunda na indústria e todas as áreas do conhecimento. Na cerimônia de abertura na DEULA/Nienburg, o presidente da entidade, Antelmann falou sobre o cenário atual da Alemanha, reconstrução da Europa nesse momento de superação de dificuldades econômicas e como o acolhimento de imigrantes em grande número. Também realizamos uma visita de conhecimento sociocultural da cidade de Colônia, que tem um grande atrativo que é catedral, considerada a segunda mais alta do mundo. Além disso, visitamos Berlim, capital federal da Alemanha. Destaco a visita à EEW, Usina que recebe lixo da região de Hanover e gera energia elétrica a partir da queima de resíduos. Existem 17 usinas desse tipo na Alemanha e elas geram 10% da energia elétrica no país e são capazes de absorver 90% do lixo doméstico produzido no local. Outra experiência significativa foi a ida à Volkswagen, em Wolfsburg, a maior fábrica da empresa que entrega um carro a cada 18 segundos, produzindo 3500 automóveis por dia. Na produção há mais de 3 mi robôs instalados, além dos 70 mil funcionários distribuídos em três turnos. Por fim, também ressalto a visita à AIRBUS, algo fantástico que mostrou a logística e gestão da gigante europeia. Além disso, teve o Seminário de Gestão Pública, que destacou a importância do ensino e mostrando como a Alemanha realiza a governança pública, com o objetivo de trazer um bom exemplo para o Brasil.”
Conselheiro do CRA-RS, Adm. Rogério de Moraes Bohn 
 
“O que mais me impressionou foi a visita à fábrica da Volkswagen, tendo em vista que acompanhamos todo o processo produtivo e a automação da fábrica, as instalações bem modernas e ligando à história da cidade. O museu do automóvel, por exemplo, mostrou como o contemporâneo e o moderno se complementam. Uma outra questão é em relação as aprendizagens para gestão, em função dos nossos cursos de Administração. Deveriamos trabalhar sempre na perspectiva de termos contato com questões de economia internacional, ou seja, proporcionarmos missões técnicas aos nossos estudantes, pois nos agregam um conhecimento ímpar.” 
Conselheira do CRA-RS, Adm. Maria D'Lourdes Guimarães Rotermund
 
“Participar da Missão CEBIT 2017 foi muito gratificante. Um conhecimento de grande valia profissional e pessoal. Excelente grupo em busca de aprendizado e convívio em harmonia. Para uma germânica ir em busca de ideias inovadoras tem um precioso valor.”
Conselheira do CRA-RS, Adm. Nadir Becker 
 
 “O encontro foi de muito proveito. Um evento de porte internacional não poderia ser diferente. O que me chamou mais atenção positivamente foram as visitas técnicas, em especial a da Volkswagen, pelo parque tecnológico que possui e à AIRBUS.  Duas organizações que desenvolvem um trabalho modelar que valeu a pena principalmente conhecermos todo o processo de fabricação dessas empresas e o enriquecimento que proporcionou a todos os nós. A feira, a CeBIT, também tem seus méritos, pela diversidade, pela variedade de informações que foi possível obtermos, mas as visitas técnicas se destacaram. Foi um evento muito proveitoso e parabenizo ao CRA-RS pela sua realização.”
Membro da Câmara de Gestão Pública do CRA-RS, Adm. Marco Aurélio Kihs 
 
“Efetuamos visitas na Airbus, na Volkswagen, na Usina de Reciclagem de Lixo, na CeBIT – Feira de Tecnologia e Inovação, nas cidades de Colônia, Berlin, Hanôver, Bremen, Hamburgo e Nienburg. Muitas histórias do passado contadas pelas paisagens, pelas arquiteturas, pelas gastronomias e pela cultura deste povo. O que percebi, foi o grande respeito ao que aconteceu no passado Alemão. E só a partir deste respeito, pode-se construir o futuro promissor destas cidades e dos seus cidadãos. Na prefeitura de Hanôver podemos ver as máquinas da cidade destruída após a Segunda Guerra Mundial em 1945 e hoje, 77 anos depois, existe uma cidade moderna, com tecnologia de ponta. Meu aprendizado nesta missão foi perceber que preciso colocar em ação nas minhas empresas, todas os insights destes dez dias de intensos atividades. Muitas coisas já utilizamos nas nossas empresas, portanto é necessário valorizar e comemorar os resultados. Parabéns a todos os organizadores do evento. Minha gratidão a todas as pessoas que conheci e convivi.”
Adm. Denise Fernandes da Cruz, Diretora Executiva de empresas 
 
“Participante já dá quarta missão internacional organizada pelo CRA-RS, manifesto a importância destas para acrescentar conhecimento, contextualizar nossa organização política, econômica e tecnológica em relação a outros países, além de melhorar nossas relações humanas ao trocar experiências com usos e costumes de outros povos. Os gestores do CRA-RS têm demonstrado visão de futuro e organizacional com estes eventos. Parabéns e que continuem com esta postura, que faz a diferença dentro do Sistema CFA/CRAs.”
Adm. Antonio Gim 
 
“Agradeço a toda equipe do CRA-RS com seus conselheiros e funcionários, RRPP eventos, Usina de notícias e, a Deula Niemburg/Brasil, pela gestão dessa importante Missão internacional realizada na Alemanha.  Desde a saída até o retorno ao Brasil, os conhecimentos adquiridos foram muitos e, em várias áreas. Aprofundamos conhecimentos relacionados a inovação tecnológica, saúde, educação, serviços públicos, produção de carros e aviões, reciclagem de lixo... até a arte, cultura, tudo visto sobre vários ângulos e de múltiplas formas. Nessa missão, aprendemos vivendo os momentos, nos relacionando com os colegas e trocando informações com pessoas, desde o cidadão local, até com o profissional de uma parte qualquer do mundo, cada um com a sua carga de conhecimento e energias, que foram bastante compartilhadas. Agora é a hora da multiplicação dos conhecimentos adquiridos. Cada um nas suas atividades poderá explicar, contar e fazer acontecer o que aprendeu nessa Missão Técnica. Agradeço a oportunidade de conviver com todos. Vamos para a próxima Missão?”
Vice-presidente de Relações Externas do CRA-RS, Adm. Helenice Reis 
 
 “Esta missão, entre tantas outras que já realizamos, teve um diferencial: a visita técnica à Airbus, na sua fábrica de Hamburgo, onde presenciamos ao vivo a linha de montagem do A320 e A321 - aparelhos de grande demanda no mercado internacional e, principalmente, do modelo A380, o maior avião comercial do mundo, que transporta mais de 880 passageiros. Apreciar na linha de produção um gigante desses, com tecnologia de ponta, é algo indescritível e, para profissionais de Administração uma façanha histórica. Não foi e é fácil conseguir uma visitação a uma indústria deste porte, mas nossa vontade e insistência unidas à dedicação da Deula, deram um resultado surpreendente, e o CRA-RS, como Instituição, despontou, mais uma vez por seu pioneirismo: é o primeiro Conselho Profissional do Brasil que ingressa e aprecia, ao vivo, a linha de montagem do maior avião do mundo. Além disso, acrescento a visitação à CeBIT e a realização do 1° Seminário Internacional de Gestão Pública, onde destaco, sem dúvida, a palestra de Torsten Rotschke, conselheiro do Município de Nienburg, que abordou os temas sobre Sistema Político, Sistema de Ensino e Governança Pública; da Dra. Mary Romann, que discorreu sobre a Gestão do Meio Ambiente e em especial, a conferência sobre Gestão Pública e Corrupção na Alemanha, pelo Dr. Gerd Wesselmann, da AgrarBeratung. Na sua abordagem fez um relato de "como se prevenir contra a corrupção", ressaltando o uso da transparência como ferramenta indispensável e que a sociedade deve denunciar o malfeitor. Ele cunhou a frase de uso na Alemanha: ‘Onde não tem queixa não haverá o Juiz’. Uma brilhante palestra que se encaixa no contexto atual da globalização.”
Conselheiro do CRA-RS, Adm. Valter Luiz de Lemos